12 de jun de 2010


‘Mas porque as coisas são mesmo assim,
talvez por certa magia, predestinações,
sinais ou simplesmente acaso...'

[Caio F]
.

Não entendia muita coisa. Bem, não entendia era nada. Só sabia que tinha mistério, que era bom de sentir.  Essa grande igualdade e diferença que existe entre nós, as vezes me assusta, mas é tão bom que não tenho medo.É intrigante e ao mesmo tempo, perfeito! É inspirador!
Como explicar? O melhor é exatamente não haver explicação alguma para esse sentimento.
É que coração deseja com força viver com fé. Viver por aquilo que se acredita.
Carregar estandarte de sorriso largo. Enxergar o bonito das pessoas.
Misturo tudo e faço disso uma arte do destino. Eu quero.
Consegues me fazer ver as coisas mais simples, em outros ângulos, melhores então. Enxergas o meu melhor. E quero te levar pra juntos conhecer um mundo que é nosso, que podemos conquistar.
Agora é a hora de ser feliz. Toda hora é hora de ser feliz. Basta acreditar.
Quase como um cristal em seu ponto mais alto de brilho. Pouco a pouco nada me prenderá.
Fecho os olhos, sento uma força, uma paz.
Na balada desses versos, deixo aqui registrado um estado alto de uma felicidade única.
Eu desejo esse sentimento para o mundo!

Ao leve som de um violão criamos asas e num vôo conhecemos o infinito!

2 comentários:

  1. "VIU? EU NÃO DISSE? VOCÊ NUNCA ME OUVE...EU SEMPRE TENHO RAZÃO, AMIGA!"
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

    Muito lindo seu post, amiga!
    Inspiradíssimo (tem que dizer por quem e por quais circunstâncias? Ahhh, não precisa, ne...então tá! =x) e inspirador! hauhauahua...

    =*

    ResponderExcluir
  2. "É intrigante e ao mesmo tempo, perfeito! É inspirador!"
    Gostei muito!!

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !