13 de jul de 2010

Me dê a mão, vem ser a minha estrela
Complicação, tão fácil de entender
Vamos dançar, luzir a madrugada
Inspiração, pra tudo que eu viver

- Lulu Santos

Eu sangro fácil e minhas feridas são profundas.
 Então decidi jogar purpurina em minhas dores.
Elas brilharão tanto que passarão despercebidas aos olhos dos menos observadores.
Ninguém vai ver a ferida.
Ninguém suspeitará.
Pois no lugar, um prisma lindo se quebrará em cores.
A ferida será camuflada, a dor ignorada.
Ainda que em segredo, doa.
Pois o segredo da vida é viver o hoje.
Minhas alegrias são intensas, minhas tristezas, absolutas.
Me entupo de ausências, me esvazio de excessos.
Ainda que eu não caiba no estreito, eu vivo nos extremos.
E o que tenho de mais obscuro, é o que me ilumina.
E daí, eu tenho as estrelas !

Um comentário:

  1. Vc como sempre surpeendendo neh...
    gostei muito!
    "E daí, eu tenho as estrelas!"
    mt lindo

    te adoro

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !