28 de dez de 2010



Queria um par de asas, pra poder viver. Queria um par de asas, e lá de cima olhar por todos.
Um par de asas pra voar longe quando preciso desaparecer, e quando estiver longe eu posso voar até você. Asas para poder ser o que sou. Caminhar em uma noite sem estrelas e sentir ainda mais a sua falta. Ver o mar entre ventos fortes e sentir o sol quando está frio. Dançar na chuva e não pegar resfriado. Queria conhecer lugares novos e bonitos. Ter fotos entre por-do-sol. Ser melhor.
Queria um par de asas e ir além do que eu quero, além do arco-iris, além do sol, além dessa limitação que se torna nossa vida. Tudo que eu queria é clichê demais. Todo mundo quer o tempo todo, todo mundo reclama o tempo todo. 'Ir atras do que queremos' é mais clichê ainda, mas é a verdade. 
E mesmo assim, isso não combina com minhas palavras, mesmo que nada é impossivel, como eu posso ter um par de asas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !