29 de jan de 2011


O dia vai entardecendo.
Um tom avermelhado toma conta do céu.
E ao vento, se juntam as gaivotas.
O mar se encontra com a linha do horizonte.
Um casal se une ao belo cenário aqui nas areias da praia.
Trazem com eles uma felicidade pura.
Ele finge querer jogá-la nas águas salgadas do mar. Ela faz bico e franze a testa.
Ele brinca com o cabelo dela. Ela sorri.
É nitida a cumplicidade entre eles.
Se abraçam e ficam a olhar o horizonte distante.
Com leves passos de dança descalços, no entardecer e no vento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !