14 de out de 2011


Daqui, a milhas de quilômetros de você algo me impulsiona a olhar o céu.
Ah, o céu é sempre meu refúgio!
Talvez, seja seus milhares de habitantes que agora se tornaram janelas por onde te sinto e te vejo, deixando de ser apenas simples pontos cintilantes nesse horizonte sem fim. E ainda há a lua, que mais que uma insignificante rocha prateada, é a ilusão que move cada coração apaixonado a enfrentar cada obstáculo nessa trilha perfeita e cruel do amor.
Porque ainda que sangre a saudade, ela sangra para regar a linda rosa vermelha da paixão que será com certeza a mais bela flor do jardim da sua vida.
E enquanto a saudade de você me consome, fico daqui a olhar o céu, na esperança de você pensar em mim quando uma estrela lhe sorrir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !