20 de mai de 2010


Ela está controlando ou melhor, a sua tristeza não está conseguindo lhe derrubar como das outras vezes.
Esperou compreensão, mas de nada a favoreceu.
Clamava por respeito mas se esqueceu que essa palavra foi extinta! 
Assim, de alguma forma ela tem que viver e conviver com as pedras do caminho.
Silêncio! Lhe falta coragem para tentar, quem sabe para dizer ou até mesmo voltar atrás.
Se sente parcialmente sozinha numa multidão.
Se ira, se entristece mas vive.
A sua luta é por dentro. 
Tudo que lhe resta é respirar fundo e acreditar! 
Afinal, isso é só o começo de uma longa jornada ;)

3 comentários:

  1. Seguindo também, Berna. Beijão, saudades das palhaçadas da escola... rsrssrs. Acompanhe depois a história de Zezinho... comenta lá... fui-me

    ResponderExcluir
  2. Aah Lu, obg *--* Segue o blog, tá?

    aaah Alex, nem fale. Morro de saudades de vc

    ;*

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !