20 de jul de 2010


 O quê você tem diante dos seus olhos
merece um sorriso?
Então não pense duas vezes!

- Pe. Fabio de Melo


Ando mais inconstante que o normal.
Vivo como o sol que nunca se apaga, mas que às vezes é encoberto por nuvens que chovem apenas pra esfriar o chão quente.
Eu penso demais e sinto saudade a cada movimento milimétrico do ponteiro do relógio.
Faço planos, crio rotas de fuga.
Me desmancho em sonhos, cores e melodias.
A solidão entao sai pela janela, evapora e mistura-se ao vento.
Me deixa parar e respirar. É so por um tempo eu prometo.
O silêncio se materializa diante de mim e eu quase posso tocá-lo.
O porquê eu não sei. Acordei com um nó dificil de desatar, só isso.
E essa sensação costura e cicatriza cada parte da minha alma.
E daí? por enquanto eu toco o vazio.

Um comentário:

  1. Nossa! a quanto tempo não venho aq...
    mt texto pra comentar, mas comentarei tudo aq tah...
    esse texto eh lindo e eu jah te disse isso, assim como tudo mais o que vc escreve.
    todas as suas postagens são encantadoras.
    adoro ler oq vc escreve.
    VC TEM DOM PRA ISSO!!

    bjs estrela

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !