18 de set de 2010

Quase primavera .

E um arco íris como um aviso do céu:
É proibido não ter esperanças.
Só porque é Setembro."  

- Cris Carvalho


É quase setembro, as rosas começam a reinar. Tem uma felicidade embutida em meu corpo que voa.
Solto as mãos e me jogo.
A certeza que o mundo gira devagar me abrange, as peças desse quebra-cabeça se modificam. Sou a peça chave do meu jogo. Das minhas certezas, sou devota, dos meus erros, sou verdade, das minhas doçuras, sou vaidade, dos meus medos sou metade. E de mim sou inteira.
Essas dores físicas, vazios empoeirados, choros e angustias interiores quero deixar presos num inverno de qualquer estação ultrapassada.
Mas ainda escuto ecos dos meus sentimentos.
Emprestei um riso da primavera que virá, devolvo quando você voltar.
Então, agora eu quero perfume, eu quero flores, eu quero céu azul e um sol pra iluminar meus dias.
Eu quero desenhar um setembro colorido. Eu quero cada cor do arco-íris.

3 comentários:

  1. E ainda tem coragem de dizer que não sabe se ficou bom???
    eu te dou essa certeza: ficou MT bom!
    com eu já te disse, você tem uma capacidade linda de colocar as palavras em perfeita sintonia. você tem o dom de fazer as pessoas viajarem apenas com algumas linhas...
    parabens, vc é de mais!

    ResponderExcluir
  2. :)


    Eu adorei o Blogue. Estou a seguir!

    ResponderExcluir
  3. sempre com vontade e coragem para seguir em frente
    muito bom gostei lindo !!!
    parabens B

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !