23 de abr de 2011



Sou o riso exagerado. Uma gota de orvalho sobre uma flor esquecida. Sou o dia nublado que te faz feliz. Sou a nostalgia daquilo que se quer sempre lembrar. Sou uma ventania assustadora.Sou inconstante e imprevisível, sou o nervosismo. Sou a sensação de rever amigos de infância. Sou o desenho animado que ainda te faz sorrir. Sou a esperança de quem não acredita nos seus sonhos, e o pessimismo que mantém os pés no chão. Sou a melodia sem letra que emana no violão de um sonhador. Sou a luz no fim do túnel e a escuridão da noite. Sou os olhos do cego. Sou a voz do mudo. Sou seus sonhos e seus pesadelos.  Sou sua música preferida. Sou a sua dor, sou o seu pavor. Sou o brilho de uma noite estrelada. Sou o brilho que desvanece, a chama que oscila entre apagar e ficar acesa.

- inspirada no blog "My crazy thoughts"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !