14 de mai de 2011

Hoje o céu amanheceu nublado e o tempo gelado.
Acordei como naqueles dias em que só queremos não ser notadas, ficar invisíveis o dia inteiro. Não por nada - ou talvez por tudo. 
É só mais um dia daqueles que a gente tem que aguentar, sobreviver. Mas eu quero é viver, tenho fome de vida. Para onde foram meus sonhos? Vazaram de minhas mãos como areia seca da praia. Olho no espelho e fico assustada - Estou me tornando aquilo que eu temia? Não - repito a mim mesma - É só mais um dia daqueles. Vesti a capa da invisibilidade e adotei o silêncio. Silêncio que tanto me faz bem. Afinal, de que adianta eu falar e não me ouvirem?
Só quero provar pra mim mesma que tem algo bom esperando por mim ali na frente.
Porque né, hoje o céu amanheceu tão nublado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !