7 de jul de 2011

Frio, café quente, casaco de pele, lua, céu estrelado, sorrisos, sentimentos. Na dança, na música, na noite. Nos passos e compassos de sua jornada. Nas entrelinhas do livro, na cor da caneta, nas palavras digitadas. Com o vento gelado e o céu aberto. Chegou o abraço apertado, o beijo molhado e o corpo para aquecer. Uma alma pedindo a outra, recitando versos calados. Sol , sombra . Dias para as lembranças serem curadas . Para o coração ser esquentado. O beijo cala. O amor respira. Os laços de amizade se concretizam, ou se desmancham. O riso é sincero. O choro é escondido. Respira a nova estação, sentindo a paixão entre suas veias. Se recompõe feliz, citando versos aleatórios. Sente-se preenchida, não existe vazio. É simples e complexo. É descrito em orações curtas, simples. É sentido profundamente, complexo. É o tempo.

2 comentários:

  1. Adorei esse texto, simples mas com um conteúdo enorme.

    Bjs
    http://maviealeatoire.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obg querida =) seu blog tb é uma gracinha, assim que tiver tempo comentarei lá e segurei tb!

    ResponderExcluir

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !