6 de out de 2012



Gosto de estar com você.
Gosto de gargalhar com as besteiras inteligentes que você diz.
Gosto desse seu visual desgrenhado, como se tivesse medo de cortar os cabelos.
Gosto do seu jeito criança e doce, apesar de ser alto e ter uma certa cara de mau.
Gosto de conversar com você e pular de um assunto para outro sem concluir nada.
Gosto de falar sem parar e depois te perguntar se estou falando demais.
Gosto quando você some e depois aparece do nada, dizendo que foi abandonado.
Gosto de saber que gostamos de tantas coisas iguais e que temos a mesma opinião em diversos assuntos.
Gosto dos seus comentários emocionados quando fala de alguma coisa que gosta.
Gosto quando você demonstra seus sentimentos, do seu jeito.
Gosto da sua energia, da sua áurea leve, do seu jeito despretensioso de conquistar as pessoas.
Gosto da liberdade de estar com você.
Gosto, especialmente, de termos nos aproximado depois de tanto tempo que passamos só nos admirando.
Gosto do inesperado e isso é o que tenho quando se trata de você.
Gosto do seu sorriso pra mim, pois só eu entendo a cumplicidade implícita nele.
Gosto de falar de você em um tempo que não é passado, nem futuro, mas que está sempre presente nas minhas boas lembranças.
Gosto de você!
Não posso dizer que o amo, mas posso dizer que gosto da sensação que dá estar com você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !