4 de dez de 2012




Você foi meu mundo, sempre teimei em fazer tudo girar em torno de você, te defendi como se defendesse minha própria vida, fiz de um tudo para poder te ter ao meu lado, de rezas bobas à feitiços de amor.
Mas você preferiu me deixar.
Culpei-me por não ser capaz de fazer essa história acontecer.
Cheguei a pensar que eu não era boa o suficiente para estar ao seu lado, mas não!
Eu era só uma menina tentando entender a arte do amor.
  Tive que me acostumar a viver um dia de cada vez com você um pouco mais morto dentro de mim e aos poucos te sinto menos.
  Por toda aquela dor que me fez sentir, por descobrir que você é quem não é suficiente para mim, por ter descoberto que ninguém aguenta um corpo sustentado com lascas de um amor errado e porque não sou mais aquela menina boba que seguiu o coelho e caiu no buraco dos sentimentos.
Hoje eu aprendi que mais que uma paixão avassaladora, a gente precisa é da segurança de um amor puro.
Alguem capaz de te aceitar ainda em pedaços, e saber aos poucos colar cada pedacinho do seu coração.  
Alguém paciente, alguém amável.
Alguém que apenas esteja do seu lado. Sem mais.
Alguém que dê o mundo por seu sorriso.
Alguém que cuide de você.
Afinal, acho que todo mundo devia deixar ser cuidado um pouquinho, ao invez de só cuidar do outro. Pra variar.
Mas antes de tudo, deixe-se curar!
  Aprenda a ser inteira sem mendigar outras metades, aprenda a completar-se de amor próprio, de autoestima.
Assim você não precisa ter alguém para ser feliz, mas será otimo ser feliz com alguém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !