16 de jul de 2011

"Eu não queria admitir, mas a tua presença ainda me afeta,
e a tua ausência simplesmente me destrói."

Não sei como será o futuro, e sinceramente não estou preocupada com isso.
Nem sei se 'isto' vai durar muito, ou pouco tempo.
Só quero aproveitar o presente, ao teu lado! Talvez, quem sabe.

Não se explica, sente-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !