19 de nov de 2011

Faz tempo que não nos vemos.
Faz tempo que não sei como consigo caminhar sem ter você do meu lado.
Faz tempo que não contemplo teu sorriso de anjo, nem o suave tom da sua voz.
Já faz tempo que sangro de saudades.
Então, deixe-me viver. Deixe-me levar. Deixe-me sentir que ainda o tenho aqui.
Deixe-me voar. Deixe-me pensar que posso alcançar o céu - porque um dia eu sei que irei mesmo alcança-lo.
Deixe-me correr junto a brisa e me encantar mais uma vez pelo que todos dizem estar perdido.
Só quero que me deixem viver cada detalhe escondido, que você ainda que longe, insiste em mostrar nos instantes do meu dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, opine, se expresse. Esse é o seu espaço. Que ele seja doce !